Taekwondo

Taekwondo, também grafado tae kwon do, taekwon-do ou TKD, é uma arte marcial que originou um esporte de combate. Hoje em dia, é um desporto difundido em todos os continentes. Nos Jogos Olímpicos de Verão de 1988, teve seu “batismo de fogo”, quando foi um esporte de exibição, continuando com este status nos Jogos Olímpicos de Verão de 1992. Em 1993, o esporte foi adicionado ao programa olímpico oficial, integrando o programa a partir dos Jogos Olímpicos de 2000.

A arte marcial surgiu como forma de renascimento, depois dos conflitos e período de dominação da Coreia pelo Japão, quando houve supressão sistemática dos aspectos culturais.

“Tae” (Pés), “Kwon” (Mãos), “Do” (Caminho/Mente).

Em sentido global, taekwondo indica a técnica de combate sem armas para defesa pessoal, envolvendo destreza no emprego das mãos e punhos, de pontapés voadores, de esquivas e intercepções de golpes com as mãos, braços ou pés, para a rápida destruição do oponente. Hoje em dia o taekwondo tornou-se olímpico, e em muitas academias pratica-se o taekwondo olímpico. Basicamente um esporte de chutes com muita explosão. Mais precisamente 30% Socos e 70% chutes. Nos Estados Unidos, país onde o Karatê era a arte marcial predominante nos anos 80 e 90, o taekwondo foi por muito tempo “erroneamente” chamado de “Karate Coreano”. As artes marciais coreanas vem se desenvolvendo ao longo dos anos,mostrando que a Asia não se limita apenas ao Japão ou a China,o taekwondo é bem mais que medalhas,titulos ou proteções,dadas aos vencedores de “competições” por ai a fora,o taekwondo é a capacidade de vencer uma dificuldade pessoal,é desenvolver outras areas da vida pessoal por meio da etica empregada no treinamento do taekwondo,pois assim como a montanha não zomba do rio por ele ser tão baixo o rio não zomba da montanha por ela não poder correr.

O taekwondo foi introduzido em Portugal em 1974 pela mão do Grão-Mestre Chung Sun Yong, actualmente 9º DAN. A sua introdução teve lugar no Sporting Clube de Portugal, o primeiro Dojang de Taekwondo em Portugal. Em 1978 foram formados os primeiros cintos negros portugueses (Nelson Costa, João Germano Oliveira, Pedro Pereira, Fernando Loio, João Loio, Paulo Reis e TSS), tendo desde então sido formados em Portugal um número considerável de Cintos Negros. O fundador de TKD Português continuou a desenvolver a arte marcial não só em Portugal, mas também noutros países como os PALOP , Israel, antiga URSS, etc.

No Brasil em julho de 1970 em São Paulo, trazido pelo grão-mestre Sang Min Cho, enviado oficialmente pela International Taekwondo Federation juntamente vieram os mestres: Sang Min Kim, Yeo Jim Kim, Kun Mo Bang, e depois outros como Kum Joon Kwon, Woo Jae Lee, Kwang Soo Shin, Hee Song Kim, Yeong Hwan Park, Soon Myong Choi, Ju Yol Oh, Te Bo Lee, Hong Soon Kang, Sung Jang Hong, entre outros, também se estabeleceram aqui no Brasil, proporcionando um desenvolvimento maior da arte. Natália Falavigna, uma das maiores e mais vitoriosas lutadoras de artes marciais do mundo, é a brasileira com maior número de medalhas internacionais no taekwondo em toda história, única atleta no Brasil campeã mundial de taekwondo nas categorias júnior, adulta e universitária. Atualmente, o taekwondo é uma luta muito praticada em varios locais do Brasil.

Regras e conceitos

Nós como membros, treinamos nossos espíritos e corpos de acordo com as regras prescritas. Nós como praticantes, estamos unidos numa amizade mútua. Nós como praticantes, cumpriremos os regulamentos e obedeceremos aos instrutores e mais graduados.

Observar as regras do taekwondo,
Nunca fazer mal uso do taekwondo,
Respeitar meus instrutores e superiores,
Construir um mundo mais pacifico,
Ser campeão da liberdade e justiça,
Também faz parte da vida do praticante, não só na academia como também na vida pessoal seguir os princípios do taekwondo

Espírito Taekwondo

Cortesia
Integridade
Perseverança
Auto Domínio
Espírito Indomável

Graus de aperfeiçoamento

A caminhada do praticante de taekwondo é dividida inicialmente em gubs e em seguida em dans.
Cada gub (geup) corresponde a uma faixa colorida que são divididas em 10(dez) gubs em ordem decrescente, quanto menor o gub maior será o seu desenvolvimento da humildade. Cada faixa colorida tem sua simbolização e significado.
Cada dan corresponde a graduação de faixa preta que são divididas em 10(dez) dans em ordem crescente, quanto maior o dan maior será seu desenvolvimento dos conhecimentos e aprimoramentos da arte. A cor preta simboliza dignidade dedicação, postura e liderança.
Ti, a faixa que o praticante de taekwondo amarra na cintura, por sobre o dobok, a vestimenta característica dessa arte marcial.
A sequência tradicional é a seguinte:

Faixa
Gub / Dan
Cores
Branca
10° Gub
Amarela
08° Gub
Verde
06° Gub
Azul
04° Gub
Vermelha
02° Gub
Preta
01° Dan

No estilo WTF, as cores das faixas são as seguintes:
Branca
Laranja
Amarela
Amarela com Ponta Verde
Verde
Verde com Ponta Azul
Azul
Azul com Ponta Vermelha
Vermelha
Vermelha com Ponta Preta

Preta (1º – 9º Dan; O 10º Dan é vitalicio, apenas uma pessoa no mundo todo pode ter.)
Obs.: DAN = GRAU – Contagem referida aos faixas pretas, os faixas coloridas recebem o nome de Gub.

Equipe de Taekwondo das forças armadas americanas durante um combate.
Pela WTF, ocorrem em três rounds de dois minutos para os faixas-preta e dois rounds de um minuto e meio para os coloridas. Pontuação: Chute no Torax = 1 ponto. Chute no Torax giratório ou saltando = 2 pontos. Chute na cabeça = 3 pontos (permitido apenas na categoria faixas-preta juvenil e adulto). Chute na cabeça giratório = 4 pontos Caso o adversário vá a knockdown, se abrira uma contagem ate 10, e acrescentará um ponto. Em caso de empate ao fim do tempo normal havera um round extra para desempate onde o vencedor sairá através do Golden Point, quem fizer o primeiro ponto vence a luta. A luta também poderá acabar caso um dos competidores atinja uma diferença de 12 pontos a partir do 2º round, ou por excesso de faltas (4 no total).

Diferente da WTF na ITF o chute e soco na cabeça é permitido. A luta ocorre em dois rounds e em caso de empate há um terceiro round. Caso haja um novo empate, haverá um quarto round, o vencedor é aquele que marcar o primeiro ponto.

As cores mencionadas acima não foram escolhidas arbitrariamente. São, de fato, baseadas na tradição. As pretas, vermelhas e azuis denotam os vários níveis de hierarquias durante as dinastias Koguryo e Silla. Uma faixa metade preta e metade branca é usada pelo faixa-preta júnior com até treze anos de idade. Como o caráter moral é enfatizado no Taekwon-Do, e este está apenas em estágio de maturação, esta qualificação é apenas para o primeiro grau.

BRANCA – 10ºGub/9ºGub “A pureza e a inocência” – a semente • Representa o início do aprendizado do Taekwon-do, onde o aluno que se encontra desprovido do conhecimento terá o primeiro contato com a arte e com seus princípios básicos, tais como, disciplina, respeito, cortesia, humildade, perseverança e autocontrole.

AMARELA – 8ºGub/7ºGub “A riqueza” – a terra •Representa o início da adaptação do aluno no Taekwon-do, é simbolizado pela terra, onde a planta brota e finca sua raiz, é o começo de seu desenvolvimento técnico e muitos sao tático, assim como de uma gama de princípios que irão ser adquiridos.

VERDE – 6ºGub/5ºGub “O crescimento” – a planta • Representa o crescimento físico, mental e espiritual, é o início da destreza que começa a surgir no aluno, onde além do aprimoramento de todos seus conhecimentos, é fundamental que o aluno esteja ciente do espírito do Taekwon-do. É uma etapa de amplo crescimento de seu conhecimento.

AZUL – 4ºGub/3ºGub “A liberdade” – o céu • Simbolizada pelo céu, para onde a planta se dirige; a liberdade de utilizar, com raciocínio e criatividade tudo o que foi aprendido. Representa o amadurecimento do aluno.

VERMELHA – 2ºGub/1ºGub “Alerta” – o sol • Assim como o sol é responsável pela vida no universo, nesta fase o aluno torna-se responsável por todos em sua academia. Seus conhecimentos adquiridos e aperfeiçoados representam uma parte da própria academia. Portanto é uma fase de alerta sobre seus atos e comportamentos, o aluno tem que ter a consciência de suas técnicas e do poder que elas têm, e por isso, é fundamental que este saiba por que, como, quando e para que usá-las, tendo em vista sua grande responsabilidade.

PRETA – 1ºDan/10ºDan “Sabedoria e conhecimento” – o universo • É o oposto ao branco, o alcance da maturidade e do conhecimento, é o crescimento intelectual e espiritual do aluno, é a consciência de que o Taekwondo muito mais do que uma simples luta, se confunde com a sua própria vida através de seus princípios e atitudes. A caminhada do praticante dentro do taekwondo é divida inicialmente em Gubs e em seguida em Dans. Cada Gub corresponde a uma faixa colorida que o taekwondista amarra na cintura, por sobre o do-bok, a vestimenta característica dessa arte marcial. • A partir daí, o praticante chega aos Dans, cujos sinais exteriores limitam-se à presença não-obrigatória de pequenos traços perpendiculares na faixa preta, indicando 1º Dan, 2º Dan etc, até o póstumo 10º Dan, que só é concedido ao 9º Dan que morre.