Muay Thai

ORIGEM DO MUAY THAI

A história do Muay Thai, confunde-se com a história do povo tailandês, a origem do povo tailandês, teve seu inicio na China Central na província de Yunnam as margens do rio Yang Tse, conhecido como (rio Tigre), descendentes diretos dos antigos guerreiros mongóis, eles migraram para uma região conhecida como monte Sião, atualmente Tailândia em busca de terras férteis para agricultura e subsistência, mas este translado não foi nada fácil, desde o local de origem até o seu destino , os tailandeses foram perseguidos, hostilizados, atacados e saqueados por bandidos birmaneses, e para se protegerem eles formaram suas milícias e sistematizaram várias técnicas de lutas das tribos que compunha o povo Thay e desenvolveram um método de luta e autodefesa eminentemente de influencia militar fazendo uso de diversas armas: espadas, facas, lanças, bastões, escudos, machados, arco e fecha e outros alem do combate desarmado que sobre influencia do Nobre Neresuem separou os treinamentos entre armado e desarmado vindo a evoluir para o Pahuyuth que é um sistema militar com formas de combate em pé e no chão que por sua vez a partir de 1930 com a determinação da Thai Sport Comission sob o comando do Grão mestre: Jukarska, veio dar origem ao Muay Thai moderno, o Muay Thai de competição com luvas, divisão de peso , ringues e arbitragem por pontos. a partir de 1971, o Muay Thai correu o mundo indo primeiramente para o Japão, Asia, Europa, America do Norte e America do Sul, sofrendo algumas alterações devido a sua expansão moldando-se aos costumes de cada País e sua cultura, mas as bases continuam as mesmas.

Muay thai (em tailandês muai thaié) considerado desporto nacional. Esta arte marcial é conhecida como “a arte das oito armas”, pois caracteriza-se pelo uso combinado de punhos, cotovelos, joelhos, canelas e pés, estando associada a uma boa preparação física que a torna uma luta de contato total bastante eficiente.

O muay thai foi desenvolvido há mais de mil anos e é hoje considerada uma das mais poderosas lutas de contato do mundo. Uma luta que além de praticar elaboradas técnicas de punhos e pernas, é encarada como uma das artes marciais que mais faz uso eficiente dos joelhos e cotovelos. O desporto desenvolve um ótimo condicionamento físico, concentração e autoconfiança ao praticante. A maioria das associações e confederações mundiais não aprovam o uso das cotoveladas em lutas oficiais mantendo assim a integridade física dos atletas, sendo estas técnicas consideradas somente nas regras asiáticas, embora ultimamente as mesmas se encontrem cada vez mais em evidência.

Hoje em dia o muay thai ter-se-á convertido num símbolo nacional do reino da Tailândia, sendo o desporto nacional mais praticado no país. As suas raízes encontram-se no Muay Boran, uma arte ancestral que foi desenvolvida a partir de uma forma de luta designada de Chupasart. Esta arte deu origem ao atual muay thai e ao krabi krabong. Actualmente, o muay thai é visto como sendo um desporto radical que favorece a realização de apostas com ênfase no sudoeste asiático.

História

O muay thai, também conhecido como thai boxing (“boxe tailandês”) em países como os Estados Unidos e Inglaterra, é uma arte marcial com mais de 2.200 anos. A sua origem encontra-se enraizada com os primórdios históricos do povo tailandês. Esta forma de luta havia sido utilizada enquanto defensa das terras de possíveis invasões dos povos oriundos das planícies do curso inferior do Rio Chao Phraya. Apesar de grande parte das escrituras que documentavam toda a sua história terem sido perdidas quando Ayutthaya foi saqueada e devastada pelo exército birmanês na Guerra birmano-siamesa (1759-1760), aquilo que é hoje em dia conhecido advém dos escritos da Birmânia, Camboja, através dos primeiros visitantes Europeus e algumas crónicas do reino de Lanna, atual Chiang Mai. Contudo existem várias versões sobre a origem do muay thai. A teoria considerada a mais credível pela maioria dos mestres de muay thai assim como por vários historiadores tailandeses fundamenta que a origem do seu povo encontra-se na província de Yunnan, nas margens do rio Yangtzé na China Central. Por volta do século II a.C, os antecessores do povo tailandês, com as pressões políticas e culturais do norte da China, viram-se obrigados a migrar para o sul em busca de liberdade e de terras férteis para agricultura. De acordo com a lenda Khun Borom, os primeiros povos thai estabeleceram-se em Mueng Thaen (tailandês: ????? ???) a atual cidade Dien Bien Phu. Progressivamente, foram conquistando os antigos reinos do sudoeste asiático, até à fundação da atual Tailândia.

Do seu local de origem, a China, até ao seu destino, os Tailandeses foram constantemente hostilizados sofrendo vários ataques de bandidos, de Senhores Feudais Chineses, de animais, sendo que também foram cometidos de inúmeras doenças. Para se protegerem e conquistaram os vários territórios do sudoeste asiático, os siameses haviam formado milícias, criando e desenvolvendo um método de luta designado de “Chupasart”, a partir da sintetização de várias técnicas de combate das tribos que compunham o povo tailandês. Este método de luta e auto-defesa, eminentemente de influência militar, fazia uso de diversas armas nomeadamente espadas, facas, lanças, bastões, escudos, machados, arco e flecha, entre outros. O treino e prática do Chupasart, impulsionavam ao surgimento de graves ferimentos aos praticantes. Assim, e com o propósito de reduzir essas mesma estorpiações, os tailandeses criaram um método de luta sem armas, o precursor do atual muay thai.

No início, o muay thai era bastante semelhante com o kung fu chinês (Wushu), um fato normal tendo em conta a origem do povo tailandês. O antigo muay thai utilizava-se de golpes com as palmas das mãos, ataques com as pontas dos dedos, imobilizações incluindo o uso de mãos em garra para imobilizar o oponente. Com o tempo, foi-se modificando e transformou-se no estilo de luta que é hoje. Em muitos períodos da história tailandesa o muay thai era bastante popular entre os tailandeses, principalmente no período do rei Pra Chao Sua, mais conhecido por Rei Tigre. O rei teria sido um dos maiores lutadores de muay thai de toda a história. Durante o seu reinado o muay thai fazia parte da preparação militar e era ensinado em todas as escolas. Outro grande lutador de muay thai foi o Nhai Khon Tom. Segundo a lenda, ele havia sido capturado pelos birmaneses durante um dos inúmeros conflitos entre os birmaneses e os tailandeses. Quando capturado, foi-lhe oferecida a liberdade caso conseguisse derrotar alguns lutadores birmaneses. O resultado reflectiu-se na vitória e subsequentemente na obtenção da liberdade após vencer seguidamente doze desses lutadores

Até por volta de 1920 d.C. não eram utilizadas luvas, nem qualquer outro tipo de proteção. Eram apenas empregues tiras de algodão, tiras de cânhamo ou de crina de cavalo. Apesar de não ser totalmente confirmado pela maioria dos historiadores, alguns antigos treinadores afirmam o uso de cola e vidro moídos nesses ligamentos com o propósito de ferir violentamente o adversário. As cascas de cocos ou conchas eram também empregues como método de proteção dos órgãos genitais. Não eram consideradas as divisões por pesos assim como não existiam interregnos no período de contenda. Os lutadores combatiam até que um fosse nocauteado, sofresse uma grave lesão ou até a morte. As velhas regras do muay thai consistiam na simples proibição de golpear a virilha, arrancar os olhos, bater no oponente caído e puxar os cabelos. Categorias por peso não existiam assim como os ringues hoje conhecidos. Só mais tarde, foram aplicados rounds às regras de combate. A cronometragem do tempo consistia na utilização de uma metade da casca de um coco, com um furo central. A mesma era colocada em água, sendo que, aquando a sua total submersão, era tocado um tambor ditando o início do intervalo de tempo e o fim do round.

DURAÇÃO DO COMBATE
No Muay Thai, cada combate tem a duração de 5 rounds e cada round dura três minutos. Qualquer período de paragem não é contabilizado como tempo de combate e no final de cada round, existe um período de descanso de dois minutos que serve para os lutadores limparem as suas feridas e recuperarem as suas forças.

O RINGUE DE COMBATE

É o local onde se desenrola a ação e tem regras específicas no que diz respeito às suas dimensões:
Tamanho: Um ringue de combate pode ter um tamanho pequeno de 6 a 10 metros ou grande de 7 a 30 metros. As medidas são sempre contabilizadas a partir das cordas.
O pavimento e os postes: O pavimento deve ter uma extensão mínima de 91 centímetros além das cordas. Os postes que se encontram nos cantos do ringue apresentam um diâmetro de 10 a 12,70 centímetros e devem estar sempre almofadados. A sua altura varia entre os 1,22 e 1,48 metros.

O chão do ringue: O piso deve ser preenchido por qualquer tipo de amortecimento, como a borracha, tapete de borracha, ou algum material similar. A sua espessura varia entre os 2,5 e 3,7 centímetros. Por conseguinte, o preenchimento deve ser coberto com uma lona específica.

As cordas: Um ringue tem quatro cordas e cada uma apresenta um diâmetro de 3 a 5 centímetros. Elas devem estar esticadas e são revestidas por um material macio e acolchoado. Existem medidas que regulamentam a distância das cordas. São elas:
Na primeira corda, a distância entre o piso do ringue para a parte inferior da corda é de 46 centímetros;
Na segunda corda a distância é de 76 centímetros;
Na terceira é de 107 centímetros;
A última corda deve distar 137 centímetros do chão do ringue.
Os degraus: São exigidos pelo menos três conjuntos de degraus e a largura de cada um é de 1,07 metros.

OS EQUIPAMENTOS NECESSÁRIOS JUNTO AO RINGUE

Existem vários equipamentos que devem estar junto ao ringue de combate e dos mais importantes destacam-se os seguintes:
Duas garrafas de água potável e duas latas de spray. Nenhum outro tipo de garrafa é permitido num ringue;
Duas toalhas e duas tigelas de água;
Mesas e cadeiras para os juízes;
O sino de alarme;
Um ou dois relógios;
Folhas de pontuação;
Um conjunto de indicadores redondos, sinais ou placas;
Dois pares de luvas de boxe de substituição e dois conjuntos de calções de substituição;
Uma maca e tesoura afiada.
Estes equipamentos são essenciais para que um confronto de Muay Thai se desenrole nas perfeitas condições. Junte ao ringue deve constar todo o equipamento supra citado, de modo a que não existam contrariedades na realização dos combates.

AS LUVAS DE BOXE

Apenas as luvas que se encontram certificadas pelo Conselho Mundial de Muay Thai são permitidas. Todos os praticantes devem utilizar luvas de combate e o peso de cada uma obedece à categoria de peso em que o desportista se insere. As luvas devem apresentar o seu formato original, de modo a que os lutadores partam em igualdade de circunstâncias. Antes do início de cada combate, um membro da comissão do jogo inspeciona as luvas de cada lutador.